Saúde
17/03/2015 14:49 (atualizado em 17/03/2015 14:50)

Alimentos que trazem felicidade Recheie o prato com alimentos que fazem bem para a saúde emocional e mental!

Dica simples para acabar com o mau humor e a depressão: coma.

A ideia é rechear o prato com alimentos que façam bem para a cuca. O projeto Food & Mood, da organização britânica Mind, mostrou que a alimentação é importante para manter e melhorar a saúde emocional e mental.
“Nossos principais neurotransmissores com ação direta sobre o humor são produzidos por nutrientes encontrados em certos alimentos”, explica Elaine de Pádua, diretora da clínica DNA Nutri, em São Paulo.
Conheça alguns antidepressivos naturais:

Vitamina C  
Tire o juicer do armário e prepare uma limonada ou uma laranjada geladinhas! Assim como a acerola, o pimentão vermelho e o mamão papaia, essas duas frutas contêm vitamina C, uma superaliada no combate ao stress e na proteção de nossas defesas.

Triptofano
 “É um aminoácido precursor da serotonina, que regula humor e apetite, melhora o bem-estar e evita tristeza, depressão e compulsão”, afirma a nutricionista Robena Molinari, da Clínica Patricia Davidson Haiat, no Rio de Janeiro.
Coma brócolis, banana, grão-de-bico, carnes, peixes, leite, nozes, castanha, feijão, lentilhas, damasco, abacate, arroz integral, carne de peru e a incrível aveia, que conta ainda com selênio e vitamina B6, importantes na produção de energia.

Estimulantes do sistema nervoso  
Alimentos com essa propriedade contribuem para a sensação de conforto. “O gengibre, por exemplo, é desintoxicante e ajuda a trazer mais disposição e bem-estar”, diz Robena. Outros exemplos são a pimenta, que estimula o cérebro a produzir mais endorfina, e a canela.

Vitaminas do complexo B  
As vitaminas B12 e B6 e o ácido fólico favorecem a passagem do aminoácido L-triptofano por uma barreira que protege o sistema nervoso central e facilitam a conversão em serotonina.
A última também tem papel importante na formação de energia. Turbine o cardápio com ovos, espinafre, uva, cogumelo, tomate, mariscos e ostras.
Minerais  
Cobre, manganês, zinco, selênio, magnésio e potássio fazem um bem danado para a saúde mental. Os minerais participam de funções vitais do organismo, como o uso de energia e a produção de neurotransmissores como a serotonina.
Onde encontrá-los? Nas sementes de abóbora, gergelim e girassol, nas castanhas, amêndoas e nozes, no aipo, na manga, no melão e na banana.
Carboidratos  
Encha o prato com cereais integrais, sementes e grãos, que aumentam o nível de açúcar no sangue, fornecendo energia, aumentando o bem-estar e derrotando o stress. O mel também promove a liberação de serotonina e dá sensação de prazer – e ainda tem potássio.

Tirosina  
Chocolate! Sim, ele mesmo. Apenas se certifique de que ele tenha alto teor de cacau (70%), que é rico no aminoácido tirosina, precursor da dopamina, que promove a sensação de prazer e motivação. Outros alimentos são carnes, peixes, ovos, leite, grão-de-bico e feijões.

Ômega 3  
Essa gordura do bem contribui para a produção dos neurotransmissores. E tem mais: um estudo francês mostrou que níveis reduzidos dela na dieta podem estar relacionados com problemas nas funções sinápticas e em comportamentos emocionais.
Aposte especialmente em peixes como salmão, arenque, bacalhau fresco e cavala, que são ricos ainda em selênio e zinco.éria.

Leia também...