Novidades
27/03/2015 10:03

Trevisan traz novidades sobre oncologia, videomonitoramento e Escola São Miguel Secretário regional de São Miguel do Oeste esteve em Florianópolis na semana passada, quando tratou sobre obras e investimentos importantes para o município

Secretário regional, Wilson Trevisan | Foto: Marcelo Both
Marcelo Both

O secretário regional de São Miguel do Oeste esteve em Florianópolis na semana passada e retornou com novidades sobre três assuntos importantes para o município e região: oncologia no Hospital Regional, instalação de sistema de videomonitoramento EM São Miguel do Oeste e obra de reforma da Escola São Miguel.

Oncologia até o final do ano

Sobre o funcionamento da oncologia no Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, Trevisan disse que a meta é iniciar o atendimento até o final do ano. Ele explica que o intuito era disponibilizar o serviço na Policlínica a ser construída junto ao Hospital Regional. Porém, devido ao imbróglio judicial envolvendo a construção da Policlínica, Trevisan revela que, para dar agilidade, foi levantada a possibilidade da instalação dos serviços em outro espaço dentro do Hospital Terezinha Gaio Basso.
Conforme o secretário regional, após conversas entre direção do Hospital e a Secretaria Estadual de Saúde, foi aceita a proposta de instalação da oncologia no espaço onde atualmente funciona o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), dentro da unidade hospitalar. Com isso, segundo Trevisan, agora a instalação depende de algumas etapas mais simples de serem vencidas. De acordo com ele, serão necessárias pequenas adequações no local e na questão da documentação, além da necessidade de encontrar um novo local para o Samu ser instalado.
Videomonitoramento funcionando em três meses

Quanto ao sistema de videomonitoramento, Trevisan informou de que o impasse sobre a definição da empresa para colocar a fibra ótica e disponibilizar os links para transmissão das imagens foi solucionado e que a previsão é de que, no máximo, em três meses o sistema estará todo em funcionamento. Ele lembra que as instalações das bases para a colocação das câmeras estão prontas, assim como a sala central do sistema, onde as imagens serão analisadas. As câmeras já estão compradas. “Restava mesmo só essa questão da fibra ótica e os links”, afirma.

Obras de reforma da Escola São Miguel devem ser aceleradas a partir do dia 6 de abril | Foto: Marcelo Both
Celeridade nas obras de reforma da Escola São Miguel 

Outro assunto importante que teve novidades é na questão da reforma da Escola São Miguel. Segundo Trevisan, o financiamento feito pelo estado junto ao BNDS para viabilizar a reforma finalmente saiu, o que permitirá ao governo estadual pagar os atrasados à empreiteira contratada. Com isso, segundo Trevisan, a partir do dia 6 de abril, a empresa responsável pela obra aumentará o quadro de funcionário no local, o que dará maior agilidade aos trabalhos.
Ainda sobre a Escola São Miguel, o secretário regional comentou sobre um aditivo de aproximadamente R$ 500 mil em vias de aprovação. Os valores seriam empregados em uma nova rede elétrica, muros internos, melhorias no ginásio e aparelhamento tecnológico, como na questão de internet. Ele acrescenta que a meta é deixar a reforma pronta até o final do ano.

R$ 250 mil para São Miguel do Oeste

Ainda em reunião em Florianópolis, Wilson Trevisan recebeu a confirmação de mais uma emenda parlamentar do deputado federal, João Rodrigues, no valor de R$ 250 mil para a infraestrutura do município. O recurso será aplicado em obras de calçamentos de ruas da cidade. “O recurso irá auxiliar no atendimento da população, beneficiando muitas famílias”, afirma Trevisan.
O secretário regional e vice-prefeito de São Miguel do Oeste aproveitou o encontro para agradecer ao parlamentar os R$ 500 mil de emendas do ano passado, que já foram licitados, sendo utilizados para asfaltamento interno do Parque de Exposições Rineu Gransotto.

Galeria de fotos

Fonte: Marcelo Both/Gazeta Catarinense

Leia também...