Governo de Santa Catarina
01/04/2015 09:29 (atualizado em 01/04/2015 11:25)

Empresa vai retomar obra depois que Estado pagar o que foi feito Os problemas se arrastam desde o ano passado, quando a construção deveria ter sido entregue.

Foto: Lucas Serápio/Portal Peperi
A obra de reforma da escola São Miguel está parada há cerca de cinco meses no município. Os problemas se arrastam desde o ano passado, quando a construção deveria ter sido entregue. A Peperi conseguiu falar com o diretor da empresa C2, de Chapecó, que executa o projeto. De acordo com o diretor, Claiton Mesacasa, a obra continua paralisada e o trabalho só vai ser retomado depois que o Estado pagar pelo serviço que já foi feito. Ele afirmou que a dívida é de aproximadamente R$ 300 mil.
O diretor disse que a paralisação leva prejuízo para a empresa. Mesacasa afirmou que houve aumento no preço dos materiais e furtos foram registrados no local. Ele relata que muitas coisas ainda precisam ser feitas na escola e não arriscou novo prazo.  
A Peperi procurou a SDR, mas o secretário está em Florianópolis. O gerente regional de Educação, Moacir Martello, disse que o Estado ficou de depositar parte do dinheiro nesta terça-feira, 31, para a empresa. De acordo com Martello, o secretário regional Wilson Trevisan está tratando do caso em Florianópolis.

Galeria de fotos

Fonte: Ederson Abi/Portal Peperi

Leia também...