Diferencial
17/04/2015 09:57 (atualizado em 17/04/2015 10:01)

Tecnologia e inovação como ferramentas para impulsionar os negócios da empresa Ainda pouco conhecida no mercado, a produção de imagens com impressão de movimento, a exemplo de audiovisuais para empresas ou em eventos específicos, têm contribuído essencialmente na divulgação de projetos e trabalhos

Segundo Edson Glienke, o investimento em tecnologia e a procura pela inovação foram fundamentais para o crescimento da empresa. 
Por muito tempo, a fotografia foi capaz de registrar momentos importantes na vida das pessoas e ainda continua fazendo parte da história, na antiga e nova geração. Mal sabia ele, Joseph Nicéphore Niépce, um dos primeiros criadores de imagens, o quão relevante elas poderiam se tornar. Bem como esta criação evoluiu ao longo dos anos, novas formas, jeitos de se fazer imagens foram sendo criadas e o que se percebe hoje em dia, é uma infinidade de meios capazes de traduzir vivências e experiências cotidianas. Em São Miguel do Oeste, essa realidade também já tem ganhado uma nova forma, e para além da fotografia, técnicas diferenciadas estão sendo introduzidas. 
Ainda pouco conhecida no mercado, a produção de imagens com impressão de movimento, a exemplo de audiovisuais para empresas ou em eventos específicos, têm contribuído essencialmente na divulgação de projetos e trabalhos. O proprietário da EG Produtora de São Miguel do Oeste, Edson Glienke, conta que a tentativa de introduzir no mercado, o complexo de filmagens foi difícil, mas atualmente, além de garantir renda, é uma das alternativas mais procuradas para quem deseja registrar momentos importantes da vida, a exemplo de formaturas, casamentos, festas particulares ou de empresas. No entanto, o Produtor reforça que tudo isso se deve a dois fatores importantíssimos para o profissional desta área: A busca pela tecnologia e inovação. 
Glienke, que há seis anos trabalha com a empresa de produção de vídeos e filmes, entende que a EG produtora nasceu de uma necessidade alicerçada na inovação. “Percebi que a nossa região precisava de uma empresa especializada na criação de vídeos, isso porque, muitas pessoas buscavam essa peculiaridade fora daqui. Foi quando surgiu a ideia”, revela. 
Além do gosto pela filmagem, que está intrínseco em Glienke, o profissional garante que sempre manteve os pés no chão, e já imaginava que este ramo seria dificultado pela não introdução de uma cultura voltada ao mercado de filmagens e portanto, mais vinculado a fotografia. “Sempre acreditei em parcerias e posso dizer que estas, foram indispensáveis para o crescimento da empresa”, enfatiza. 

Hora de inovar
Glienke trouxe para São Miguel do Oeste a primeira Grua, de cinco metros e a primeira Câmera em Full HD, a qual possui conversor digital e a qualidade é semelhante a imagem produzida no suporte cinematográfico, atualmente. Mesmo com esta inovação, a câmera era grande e pesava aproximadamente 3kg. “Colocar o sistema HD no mercado foi difícil, as pessoas não tinham acesso ao aparelho de Home Theater com Blu-Ray, a internet era muito lenta, mas, estava aí, um desafio”, conta.
Os passos seguintes foram investidos na tecnologia. Aos poucos, novas câmeras foram sendo compradas por Glienke, conforme a necessidade do mercado. “Sempre assistia muitos documentários, programas de esporte e ficava analisando como as imagens, com tantos movimentos, eram feitas. Então comecei a participar de feiras em São Paulo, Rio de Janeiro, e me adaptei a essa realidade transformada pelas câmeras que tinham o tamanho muito inferior ao que se via na época, mas com uma qualidade incomparável”, enfatiza. 
O investimento em Câmeras fotográficas para produção de vídeos, também exigiu pesquisa e muito estudo. “Participando novamente em feiras, aprendi que poderia encontrar nas câmeras fotográficas um novo jeito para fazer filmagens, onde eu poderia trabalhar muitos efeitos na hora. Passei a investir em uma coleção de lentes e avalio positivamente o resultado”, contextualiza. 
O último investimento feito por Glienke, foi um drone (avião de controle remoto) com câmera para captação de imagens aéreas e que pode ser controlado a distância.  Entre os diversos trabalhos feitos com a utilização do drone, Glienke destaca o que foi realizado em São Paulo, dentro de uma empresa. “Foi uma surpresa muito grande para as pessoas, elas não conheciam o drone e me perguntavam sobre o equipamento, sobre a EG produtora, então a gente percebe através disso, o quanto a inovação é importante para valorização do nosso trabalho e consequentemente, da nossa cidade”, frisa.

Trabalhos
Glienke conta que graças a inovação, a EG produtora passou a elaborar além de filmagens, filmes de casamentos. “Entendi que era preciso transformar o vídeo em algo bacana para ter mais aceitação. Trabalhar para além das imagens retas. Por isso, especialmente em casamentos, elaboramos um filme, com direito a trailer, filme completo e Making Off”, destaca. 
Além disso, a EG produtora atua na elaboração de vídeos institucionais e TV corporativa, que é também, segundo Glienke, uma inovação para as empresas. “É uma TV voltada a empresas, redes de supermercados e farmácias, onde além do conteúdo da empresa, são veiculados produtos, promoções e notícias”, explica. 
Para o proprietário da EG Produtora que sempre tem buscado inovações, o que ainda está faltando em São Miguel do Oeste é uma TV local. “As pessoas olhariam São Miguel do oeste diferente. A imagem em movimento reflete em inovação também. Vejamos os Jornalistas locais, que muitas vezes estão em um evento e gravam um vídeo in loco com o próprio celular. Isso gera muitas visualizações e retorno. Temos dados comprovatórios que a venda de produtos para empresas que tem um vídeo mostrando o trabalho que ela desenvolve, é muito maior do que concentrar a divulgação apenas em fotos”, finaliza. 

Galeria de fotos

Fonte: Claudia Weinman

Leia também...