Dicas
25/04/2015 16:36

Conheça alimentos que estimulam a inteligência No mundo de hoje o corre-corre é frenético, as informações pipocam por vários meios como televisão, rádio, internet, etc. e no meio desse fogo cruzado estamos nós, pobres mortais. Como melhorar nossa capacidade de armazenamento de informação?

Alimentar-se bem é a resposta certa. E existe uma série de alimentos que funcionam como catalisadores, aumentando a capacidade produtiva do nosso cérebro. Separamos alguns que podem melhorar seu rendimento!

Amêndoa – por ser rica em L-carnitina e em riboflavina, induz ao aumento da atividade cerebral, otimizando o funcionamento do cérebro ao ponto de reduzir o risco da Doença de Alzheimer. Os benefícios registrados incluem a melhora do intelecto.
Castanha de caju – fonte de vitamina B1, é considerado um fruto essencial no combate ao estresse e a depressão. Além de extremamente útil quando falamos do coração, pois propicia um melhor funcionamento cardíaco. E o sistema nervoso agradece sua ingestão, devido alto teor de magnésio.
Espinafre – a abundância de Vitamina K no espinafre contribui muito para um sistema nervoso saudável, fornecendo uma parte essencial para a síntese de lipídios, a gordura essencial que compõe a bainha de mielina em torno de nossos nervos.
Peixe – fonte abundante de ácido graxo Ômega 3, conhecido por ser componente fundamental da membrana externa das células cerebrais. Além de aumentar a massa cinzenta estimula funcionamento da memória. Me responda qual estudante não sonha em ter a memória funcionando em plena atividade em época de vestibular?
Suco de laranja – conhecimento mundialmente como fonte de vitamina C, também protege contra cansaço, falta de memória e câncer. Exerce influência muito benéfica em todo o organismo, principalmente no cérebro e nos nervos, devido a que, ademais das vitaminas, contém diversos sais minerais: cálcio, ferro, potássio, magnésio, fósforo, carbonatos, etc.
Couve flor – é um antioxidante natural, e por isso fortalece o sistema imunológico, além de prevenir o risco de acidente vascular cerebral, e doenças neurodegenerativas.
Excelente para o cérebro e a saúde celular, proporciona equilíbrio de eletrólitos, mantendo baixos os níveis de colesterol, assim, é indicado na prevenção de doenças cardiovasculares.
Aspargo – juntamente com os antioxidantes da vitamina C, vitamina A (beta-caroteno), zinco, manganês e selênio, o glutationa em espargos luta contra os radicais livres que causam envelhecimento e oxidação celular.
Azeite de oliva – estudos já comprovaram que o azeite estimula a atividade cerebral, portanto, contribui diretamente com a saúde desse órgão. O azeite contém substâncias antioxidantes, que agem contra a degeneração do cérebro ao combaterem os chamados radicais livres, que prejudicam a saúde como um todo, incluindo, a atividade cerebral.
Café – reduz o risco de perda de memória além de prevenir a demência e doença de Alzheimer em pessoas idosas. Seu consumo ajuda a bloquear os efeitos de um neurotransmissor chamado adenosina.
O bloqueio dos efeitos inibidores de adenosina ajuda a aumentar a eficiência do neuronal no cérebro e que libertam neurotransmissores como a dopamina e norepinefrina, que ajudam a melhorar o humor e aliviam o stress. Doença de Parkinson também foi provada que podem ser reduzida pela sua ingestão.
Maçã – Excelente alimento para o cérebro, pois contém ácido fosfórico numa forma facilmente digerível. Estudos revelaram o habito de comer maçã e seus derivados podem proteger contra perda de memória. O suco de maçã concentrado previne um aumento de danos por oxidação dos tecidos cerebrais.
Chocolate – Pesquisa realizada na Espanha avaliou os idosos e descobriu que aqueles que consumiram quantidades alta e média do achocolatado, em comparação com o restante dos participantes, apresentaram uma melhora nos reflexos, na capacidade de realizar mais de uma atividade ao mesmo tempo, na memória verbal e na de trabalho (ou a curto prazo), além de melhores resultados em testes que avaliaram o raciocínio. Os autores do estudo atribuíram tais benefícios aos flavonoides, compostos presentes no cacau que, entre outros efeitos positivos, também são associados a benefícios ao coração — desde que aliados a uma dieta saudável.
Com essa salada de frutas e frutos você já pode potencializar seus resultados utilizando alimentos naturais que auxiliarão a obtenção de melhores resultados tanto na vida acadêmica, como profissional e pessoal também!
Fonte: Canal do Ensino

Leia também...