Horóscopo
12/05/2015 16:27

Signos opostos se atraem? São rivais? Descubra o seu oposto e entenda

Já ouviu falar em signos opostos, mas não sabe o que significam? Não, não são “signos inimigos”, ou os que se dão pior, ou completamente diferentes entre si. De acordo com o astrólogo Guilherme Salviano, o que acontece é que os 12 signos do zodíaco estão espalhados sobre a esfera da Terra e, com isso, cada signo tem um outro signo exatamente no sentido oposto (veja na figura). “De algum modo, em algum momento da vida, há uma manifestação da característica do signo oposto no comportamento do seu signo. Ou, ao menos, há o desafio de exercitar as virtudes que tal signo possui”, explica.

Qual é meu signo oposto?
Salviano ensina que basta contar seis signos a partir do seu para saber qual é seu oposto.
“Os signos opostos se atraem com frequência em assuntos de relacionamento. Muitas vezes, há um complemento perfeito . Porém, em outros casos, a tendência é para a divergência e até para a rivalidade”, diz o astrólogo. Segundo ele, pode ser bom conviver com pessoas de signos opostos ou com quem tenha alguma influência importante deles no mapa astral.
“O que é notado no signo oposto sempre é um exercício para equilíbrio das nossas características”, esclarece.
Estes são os signos opostos uns aos outros:

Áries – Libra
Salviano diz que, dentre diversas características de ambos os signos que podem se complementar, é muito comum que falte nos nativos de Libra a impulsividade e o poder de decisão, muito presentes em Áries, signo de fogo. Por outro lado, a ponderação e a capacidade diplomática de Libra, do elemento ar, são sempre exercícios fundamentais aos arianos, que normalmente têm dificuldade em colocar essas virtudes em prática.

Touro – Escorpião
A praticidade que envolve as condutas no signo de Touro, característica normalmente comum aos signos do elemento terra (capricórnio, touro e virgem), pode faltar em Escorpião, signo de elemento água. Mesmo que não demonstre, o escorpiano costuma ser tomado pela emoção, pelo impulso e pela dificuldade em deixar de lado algumas lembranças negativas.  À energia de Touro, no entanto, pode faltar a estratégia, a capacidade investigativa e o foco por temas espirituais, que nem sempre envolvam a lógica pura e simples – comportamentos normalmente presentes nos nativos de Escorpião.

Gêmeos – Sagitário
Gêmeos é um signo de ar associado às ideias, à comunicação e aos pensamentos Logo, o geminiano pode se perder em seu interior tão variado e sentir falta da iniciativa habitualmente presente em Sagitário, um signo do elemento fogo. É possível que Gêmeos tenha a necessidade de pôr limite no excesso de informações e priorizar os conhecimentos verdadeiros, algo que Sagitário mais valoriza. Por outro lado, a energia Sagitariana – que às vezes é exagerada – pode ser melhor conduzida com os questionamentos de Gêmeos, até mesmo nos detalhes de uma informação, gesto ou palavra.  

Câncer – Capricórnio
Os cancerianos frequentemente demonstram emoção de forma intensa. Outra característica que os nativos deste signo normalmente apresentam é uma ligação muito forte com o lar e com as raízes familiares. Capricórnio, por sua vez, costuma ser associado ao trabalho, à disciplina, a tradições, à praticidade e até a uma certa frieza, não se expondo tanto aos aspectos emocionais, tão importantes para o canceriano.  Por outro lado, os nativos de câncer podem carecer da disciplina capricorniana para pensar de forma mais prática, a fim de cumprir as metas de suas vidas. Outra “lição” que câncer pode tirar de capricórnio é a necessidade de impor limites emocionais no que diz respeito a assuntos de pessoas próximas. Capricórnio, no entanto, também sempre tem a crescer e a aprender quando flexibiliza seus gestos com mais afeto, dando mais espaço às emoções.

Leão – Aquário
Leão é frequentemente associado à fama de gostar de se destacar, de aparecer, mas também por uma capacidade generosa e criativa. O desafio dos leoninos, muitas vezes, é aceitar melhor a interação em grupos ou lidar com a condição de somar esforços, tendo mais tolerância com o estilo de vida e de pensamento de outras pessoas. Já Aquário pode ter o desafio de vivenciar melhor compreensão da individualidade de quem o cerca, sem ser do contra. A chave é exercer sua individualidade sem o complexo de achar que, por ser diferente ou original, não pode ter brilho próprio. Ao contrário: é preciso compreender que uma das razões para o êxito em grupo, quando ele acontece, é justamente seu brilho e sua individualidade.

Virgem – Peixes
Na oposição entre Virgem e Peixes é frequente uma capacidade detalhista e observadora em ambos. Porém, ela é bem mais nítida em Virgem, que prioriza o que é mais útil, às vezes com frieza e praticidade. A energia de Peixes é das percepções mais sutis. Seus nativos podem, por exemplo, não saber exatamente o que está errado, mas sentirem que há algo errado. Já os virginianos são capazes de identificar o detalhe do erro, mas precisam saber desenvolver a sensibilidade e mesmo a intuição, comuns em Peixes. O idealismo, o gosto pelo místico e a fé – não necessariamente religiosa – que costumam existir em Peixes são importantes para o virginiano. Em contrapartida, a praticidade para tratar as coisas com os pés no chão, característica clássica de virgem, é um exercício desafiador que pode complementar nativos de Peixes.

Fonte: Bolsa de Mulher

Leia também...