Na balança
15/05/2015 16:57

Para onde vai a gordura quando emagrecemos? Segundo pesquisa australiana, massa é exalada em dióxido de carbono

Ainda existem muitas dúvidas quando se fala em perder peso. Um dos principais mitos nesse assunto é sobre o destino da gordura corporal depois que emagrecemos. Uma pesquisa da Universidade de Nova Gales do Sul, na Austrália, diz ter encontrado a solução: segundo o físico Ruben Meerman, a maioria da massa é exalada pelo corpo na forma de dióxido de carbono.
(Foto: Denis Raev / Deposit Photos)
O estudo rastreou cada átomo da massa a ser perdida e concluiu que o excesso de carboidratos e proteínas é convertido em compostos químicos chamados triglicerídeos (que consistem em carbono, hidrogénio e oxigénio). Em seguida, são armazenados nas gotículas lipídicas de células de gordura. Para perder peso, é preciso metabolizar esses triglicerídeos, e isso significa desbloquear o carbono armazenado em suas células de gordura.
Dessa forma, o autor da pesquisa mostrou que perder 10kg de gordura equivale a 29kg de oxigênio a serem inalados. Esse processo metabólico ainda produzir 28kg de dióxido de carbono e 11kg de água.
— Nada disso parece óbvio para as pessoas porque o dióxido de carbono que exalamos é invisível — disse Meerman.
A "falta de obviedade" do processo engana até mesmo os profissionais de saúde: 150 médicos e nutricionistas foram entrevistados sobre a questão, e mais de 50% afirmaram que a gordura era convertida em energia e calor. Segundo o físico, os equívocos encontrados revelam um desconhecimento surpreendente sobre os aspectos básicos de como funciona o corpo humano.
E, antes que alguém resolva trocar o treino por respirações para emagrecer, a pesquisa faz um alerta: respirar mais não ajuda a perder peso. Uma respiração equivocada pode, inclusive, resultar em hiperventilação, seguida de tontura, palpitações e perda de consciência. O ideal para perder peso continua sendo exercício físico e boa alimentação.

Galeria de fotos

Fonte: ZH

Leia também...