Projeto
26/05/2015 15:00 (atualizado em 26/05/2015 15:01)

Curso de Arquitetura e Urbanismo apresenta projeto social a moradores do Vila Nova A atividade será desenvolvida nos meses de maio e junho e terá o envolvimento de 32 acadêmicos do curso.

Foto: Divulgação
O curso de Arquitetura e Urbanismo da Unoesc São Miguel do Oeste apresentou, recentemente, à comunidade do Vila Nova II, o projeto social que beneficiará as famílias do conjunto habitacional. Segundo o coordenador do curso, professor Marco Aurélio Bissani, serão desenvolvidos projetos arquitetônicos de reforma e/ou ampliação das residências com o objetivo de melhorar a qualidade de vida das famílias que moram no local. 
A atividade será desenvolvida nos meses de maio e junho e terá o envolvimento de 32 acadêmicos do curso. Os estudantes visitarão os moradores para fazer o cadastramento das famílias, analisar cada situação e identificar as necessidades habitacionais e condições de moradia. Todos os projetos passarão pela aprovação  dos moradores e ficarão disponíveis na Prefeitura de São Miguel do Oeste. O projeto não contemplará a parte de Engenharia e a execução de obras. 
Além de beneficiar a comunidade, o trabalho representa um diferencial para a formação profissional dos futuros arquitetos e urbanistas. "Os acadêmicos têm a oportunidade de aplicar os conhecimentos adquiridos em sala de aula e adquirir experiência prática com atendimento a demandas reais", destaca o professor Marco, lembrando que o arquiteto e o urbanista têm como papel social a prestação de serviços em benefício da comunidade. 

UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA
Segundo o diretor de Pesquisa,  Pós-graduação e Extensão, professor Evelácio Roque Kaufmann, a Unoesc, na condição de universidade comunitária, tem como princípio promover ações de extensão na comunidade. De acordo com Evelácio, os projetos desenvolvidos pelos cursos na modalidade de extensão alinham a indissociabilidade entre o ensino, pesquisa e extensão, levando os conhecimentos construídos pelo acadêmico, durante a sua formação, na forma de atividades para a comunidade externa, o que contribui para o desenvolvimento regional.

Fonte: Imprensa | UNOESC SMO

Leia também...