Saúde
01/06/2015 16:04 (atualizado em 01/06/2015 16:04)

Estudantes de São José do Cedro recebem orientações sobre saúde bucal Durante dois dias foram atendidos 179 estudantes da linha rural do município.

Foto: Divulgação
O programa “Sorrindo no Campo” estimulou hábitos da manutenção da saúde bucal na infância, na última semana, no município de São José do Cedro. A iniciativa foi do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária de Santa Catarina (Faesc) e contou com apoio do Sindicato dos Produtores Rurais de São José do Cedro e da Secretaria de Educação do município.
Durante dois dias foram atendidos 179 estudantes da linha rural do município. No primeiro, foram atendidas 75 crianças da Escola Estadual Serafin Bertaso, na Linha São Vendelino. No segundo, o programa foi realizado na Linha Padre Réus e atendeu 104 estudantes da Escola Municipal Novo Sarandi.
A secretária da educação do município de São José do Cedro, Rosimar Zanchett Angeli, ressaltou a importância da parceria para a realização do programa. “Esse trabalho é muito significativo aos participantes e dá resultado. O conhecimento é algo necessário para as crianças se desenvolverem”, complementou. 
Para a supervisora do Senar/SC na região extremo oeste, Grasiane Bittencourt Viêra, “o apoio da Secretaria da Educação, Prefeitura Municipal, Sindicato dos Produtores Rurais e a direção das escolas foi fundamental para o sucesso do evento”.
PROGRAMA
O “Sorrindo no Campo” oportuniza espaço educativo para estimular hábitos da manutenção da saúde bucal na infância. O público-alvo do programa são crianças na faixa etária de seis a dez anos, do 1º ao 6º ano do ensino fundamental.
Em ambiente cedido pelo município, é montado o Espaço Saúde Bucal, visitado a cada uma hora por um grupo de 15 a 20 estudantes, totalizando seis grupos por dia.
O presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de São José do Cedro, Adelar Maximiliano Zimmer, explica que no Espaço Saúde Bucal, as crianças participam de atividades lúdicas e educativas, com jogos, brincadeiras, informações sobre a saúde bucal e práticas sobre a higienização correta dos dentes e da boca. O cenário e os recursos instrucionais utilizados visam estimular o imaginário infantil e o envolvimento com o processo de caráter educativo e preventivo, conduzido por profissional com formação na área da odontologia infantil.
De acordo com o superintendente do Senar/SC, Gilmar Antônio Zanluchi, os cuidados com os dentes, interferem na saúde geral das pessoas por toda a vida e deve ser um hábito formado desde a mais tenra idade.
MATERIAL
Cada criança recebeu um kit, contendo escova, fio e creme dental para a prática de higienização e uma revista educativa com passatempo e orientação para a família.
O material educativo contém os três passos para o sorriso saudável: cuidar da alimentação; visitar o dentista periodicamente e escovar os dentes corretamente após as refeições e antes de dormir. Contém também, orientações para a família, pois a supervisão dos pais e o exemplo são indispensáveis para formação de bons hábitos.
Fonte: MB Comunicação Empresarial/Organizacional

Leia também...