Geral
11/09/2015 11:12

Balanças desativadas complicam fiscalização de carga em rodovias de SC Com isso, policiais precisam confiar em valores descritos nas notas fiscais.

Um ano e meio após o Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (DNIT) desativar todas as balanças rodoviárias, que mediam o peso dos caminhões, policiais encontram dificuldade de fiscalizar veículos trafegando com excesso de peso. A carga acima dos padrões prejudica a pavimentação.

A Polícia Rodoviária Federal trabalha atualmente com a verificação do peso dito na nota fiscal, feita pelo embarcador. Sem ter como conferir, é preciso confiar que o peso na nota é o mesmo que carrega o caminhão.

"Hoje a gente faz fiscalização por amostragem", diz o inspetor Ivo Silveira. Quem for flagrado com excesso paga multa."O pessoal tenta colocar um pouco a mais de peso para ter um pouco mais de frete. O negócio é andar certinho e andar tranquilo", afirma o caminhoneiro Sandro Peruzzo.

O DNIT afirma que o orgão trabalha em um novo modelo de medição do peso de caminhões nas estradas, que deve começar a funcionar em 2016.




Galeria de fotos

Fonte: G1/SC

Leia também...