Política
14/10/2016 08:34 (atualizado em 31/12/1969 21:00)

Maldaner defende a redução dos gastos públicos, contanto que haja priorização de recursos para Educação e Saúde PEC O deputado Federal Celso Maldaner (PMDB-SC) fez questão de relembrar sobre os desafios e sobre a grande responsabilidade que o Congresso Nacional terá no que diz respeito à PEC 241, que limita os gastos públicos

Em reunião da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara, em Brasília, na quarta-feira, dia 05, o deputado Federal Celso Maldaner (PMDB-SC) fez questão de relembrar sobre os desafios e sobre a grande responsabilidade que o Congresso Nacional terá no que diz respeito à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, que limita os gastos públicos. “Acho importante sensibilizar todos os parlamentares da Casa, pois chegamos numa situação insustentável. Vamos levar 20 anos para retornar ao patamar de crescimento e desenvolvimento que estávamos em 2008”, declara. 
Maldaner menciona ainda que “a PEC 241 é apenas o começo das decisões duras que teremos tomar: é nossa missão agir pensando em salvar o Brasil, talvez até sacrificando nossos futuros mandatos, mas pensando no melhor para o País. Só a PEC 241 não vai salvar o Brasil, mas vai ajudar muito. A reforma da Previdência, tributária e afins também são essenciais. Precisamos evitar a hiperinflação, por meio desta contenção de gastos. É uma necessidade ter sensibilidade e pensar nas futuras gerações, dando segurança e sustentabilidade, readquirindo a confiança dos investidores para baixar os juros e controlar a inflação. No entanto, temos que garantir também que não haja prejuízo aos setores da saúde e educação, que precisam ser priorizados na repartição e aplicação dos recursos públicos”, destaca. 

Galeria de fotos

Leia também...