Educação
25/11/2016 09:35 (atualizado em 31/12/1969 21:00)

Educação abre matrículas e anuncia novas ações para ano letivo 2017 EDUCAÇÃO Alunos que quiserem estudar na rede pública estadual de Santa Catarina têm entre os dias 24 de novembro a 2 de dezembro para efetuar a matrícula. O destaque são as escolas com jornada ampliada

Alunos que quiserem estudar na rede pública estadual de Santa Catarina têm entre os dias 24 de novembro a 2 de dezembro para efetuar a matrícula. Na manhã de terça-feira, dia 22, o secretário de Estado da Educação, Eduardo Deschamps, anunciou as datas e apresentou os projetos e as ações que marcarão o próximo ano letivo. O destaque são as escolas com jornada ampliada.
No Ensino Fundamental, 341 escolas aderiram ao Programa Novo Mais Educação integrado ao Programa Estadual de Novas Oportunidades de Aprendizagem (Penoa). Já o Ensino Médio serão 229 unidades. O Programa Ensino Médio Inovador integrado ao Penoa terá 173 escolas com oficinas de cultura ou esporte e leitura, escrita e cálculo. O Ensino Médio Integrado a Educação Profissional (EMIEP), que conta com 42 escolas, terá como novidade o currículo reformulado no curso de informática de quatro escolas. O trabalho está sendo desenvolvido em parceria com o Itaú BBA.
Porém, o grande diferencial fica por conta das 14 escolas que aderiram ao Ensino Médio Integral. Os alunos terão aulas quatro dias das 7h30 às 17h15 e um dia das 7h30 às 12h15, com as refeições na escola. “O destaque deste programa são os estudantes protagonistas, a integração das disciplinas, os núcleos de projetos e os educadores inspirados. Estamos trazendo para Santa Catarina um programa que apresentou bons resultados em outros estados e que trará muitos benefícios aos nossos alunos”, destaca Deschamps.
A adesão deste programa aconteceu de forma voluntária das escolas e deve aumentar em 2018. “A partir do momento que as escolas observarem os bons resultados, outras vão querer oferecer este modelo aos seus alunos”, comenta. No Ensino Médio Integral, as disciplinas tradicionais são integradas em quatro áreas de conhecimento: Matemática, Linguagens, Ciências Humanas e Ciências da Natureza. Com isso, os estudantes aprendem de maneira mais significativa e concreta, articulando teoria e prática. 
O currículo inclui também um núcleo com novas disciplinas em que os alunos trabalham em projetos voltados a: planejar seu futuro, melhorar a realidade em que vivem, pesquisar e estudar. São eles: Estudos Orientados, Projeto de Pesquisa, Projeto de Intervenção e Projeto de Vida. O programa está sendo implantado com acompanhamento e parceria do Instituto Ayrton Senna e Instituto Natura.
Outra importante ação apresentada para 2017 é o novo modelo de contagem da alimentação escolar. Por meio do tablets ou leitor de código de barras, será possível fazer a leitura eletrônica da carteirinha de identificação dos alunos. Este ano, foi feito o projeto piloto em 24 escolas e, já no início de 2017, outras 120 escolas, que já receberam tablet, utilizarão o recurso.
A agricultura familiar também esteve em pauta. Este ano, a SED comprou o valor de R$ 12.983.987,00 em produtos, e a previsão é ampliar este valor para R$ 17.133.440,00 em 2017. O primeiro edital para compra já foi publicado.

INFRAESTRUTURA
Várias escolas iniciarão o ano letivo de 2017 de cara nova. No primeiro semestre, a secretaria vai entregar pelo menos 19 unidades escolares revitalizadas, 14 novas escolas de ensino médio e seis novos prédios para escolas de ensino médio já existentes, incluindo os Centros de Educação Profissional (Cedup), além do Complexo Esportivo Ivo Silveira. Para o segundo semestre, estão programadas mais cinco novas escolas. “O Governo investiu cerca de R$ 500 milhões por meio do Pacto pela Educação. Agora, estamos colhendo os resultados. Continuaremos trabalhando para melhorar também as condições das demais escolas, não contempladas neste pacote", afirmou o secretário.

TECNOLOGIA
Para dar mais agilidade e conectividade na relação entre professores, estudantes e pais serão lançados os aplicativos Professor SC e o Estudante SC, que trarão as funcionalidades disponíveis nos portais Professor On-Line e Estudante On-line para serem utilizados em celulares e tablets.
No Professor SC, será possível fazer os registros escolares, a chamada diária e ter informações das escolas/turmas em que leciona, horário de aula, entre outras importantes informações e opções de registros disponíveis aos professores da rede pública estadual. Já no Estudante SC, os alunos e pais poderão acessar de qualquer local as informações referentes a dados e calendário de atividades escolares além de notas, faltas e boletim. O aplicativo, que terá o controle feito por matrícula de aluno será também uma ponte para as notícias divulgadas no portal estudanteonline.sed.sc.gov.br.

EDUCAÇÃO E SAÚDE
Com objetivo de orientar as escolas a se transformarem em espaço educador sustentável e promotor de saúde identificando a educação ambiental como estratégia de ensino-aprendizagem para a compreensão da relação ser humano e a natureza, a SED apresentou este ano o programa Escola: espaço educar sustentável e promotor de saúde. As escolas foram orientadas a constituírem ou revitalizarem sua Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida (COM-VIDA) e inserir no Plano Político Pedagógico (PPP) da escola e no Currículo da Educação Básica ações relacionadas a saúde e prevenção.
Para evidenciar as ações que estão sendo realizadas, as Secretarias de Estado da Educação (SED) e da Saúde (SES) lançaram o Concurso Escola Promotora de Saúde -Todos Contra o Aedes aegypti. As escolas podem participar inscrevendo o seu Plano de Trabalho Pedagógico - Escola como espaço educador sustentável e promotor de saúde. Os três projetos destaque receberão como premiação um computador para uso da escola; placa nominal emitida pela SED e SES diplomando com o Título Escola Promotora de Saúde.
Os alunos do Ensino Médio podem inscrever um produto de Comunicação Social nas categorias: Impresso ou Audiovisual. Com equipes de cinco alunos e um professor orientador, será possível fazer uma revista ou informativo com no mínimo quatro e máximo oito páginas em folha A4 dobrada ao meio, na categoria impresso. E na categoria audiovisual um vídeo em formato jornalístico ou de entretenimento com no máximo dois minutos.
Serão premiados os três melhores trabalhos de cada categoria. Os primeiros lugares receberão um tablet para cada alunos. O Professor Orientador ganhará diploma e placa com o Título de Aluno Promotor de Saúde. Os segundos e terceiros lugares recebem diploma e placa com o Título de Aluno Promotor de Saúde.

Documentos necessários para matrículas
Certidão de nascimento ou RG;Fotocópia do CPF (opcional aos alunos do Ensino Fundamental);Histórico escolar, a partir do 2º ano do Ensino Fundamental;Atestado de frequência em caso de transferência;Cartão de vacina ou declaração dos pais e/ou responsáveis do aluno, assegurando estar em dia com as vacinas.
Critérios:Zoneamento: garantir escola mais próxima da residência do aluno ou do trabalho dos pais.Data de corte: alunos do 1º ano do Ensino Fundamental com seis anos completos até o dia 31 de março de 2017.

Galeria de fotos

Fonte: ADR Palmitos

Leia também...