Geral
09/12/2016 13:28 (atualizado em 31/12/1969 21:00)

Auriverde encerra atividades do Programa Escola no Campo PROGRAMA Durante esse ano, o programa atendeu 124 alunos das Escolas de Educação Básica Professor Manoel de Freitas Trancoso de Iraceminha, Osvaldo Ferreira de Melo de Tigrinhos, Oscar Majolo de São Miguel da Boa Vista e Nicolau Schoenberger de Cunhataí

A Cooperativa Regional Auriverde realizou entre os dias 28 de novembro e 01 de dezembro, os encontros de encerramento das atividades do Programa Escola no Campo, nas quatro escolas que participaram do projeto durante o ano de 2016. O Programa Escola no Campo é desenvolvido pela Auriverde em parceria com a Syngenta e Fundação Abrinq. 
O Programa Escola no Campo é direcionado a alunos do 6° Ano e tem como objetivo mostrar a importância da preservação do meio ambiente e da produção de alimentos saudáveis, além de estimular o sentimento de orgulho por pertencer ao meio rural. O programa busca ainda conscientizar crianças e adolescentes que não devem manipular agroquímicos antes dos 18 anos, além de orientar os pais quanto ao uso correto e seguro destes produtos. 
Durante esse ano, o programa atendeu 124 alunos das Escolas de Educação Básica Professor Manoel de Freitas Trancoso de Iraceminha, Osvaldo Ferreira de Melo de Tigrinhos, Oscar Majolo de São Miguel da Boa Vista e Nicolau Schoenberger de Cunhataí. Esses alunos são considerados Agentes Ambientais Mirins e a partir de agora tem o compromisso de atuar na preservação do meio ambiente e na orientação dos pais quanto à segurança nas atividades diárias da propriedade. 
Além dos alunos integrantes do Programa Escola no Campo, pais, professores, direção das escolas participantes do programa, representantes da Syngenta e funcionários da Auriverde também participaram dos encontros de encerramento das atividades nas unidades escolares. 
De acordo com a coordenadora do Programa Escola no Campo, Larissa Ramm Dessoy, cada escola definiu seu projeto de atuação, de acordo com as características do local onde está inserida. Temas importantes como trabalho infantil x aprendizagem: não à exploração infantil, preservação da água, qualidade de vida e sustentabilidade e o resgate da infância envolveram os alunos em atividades práticas, passeios, pesquisas e discussões. 
Larissa lembrou ainda que durante a realização do projeto, todos os alunos participaram de um concurso de desenho e frase observando o tema proposto pela escola. “No encerramento do programa, uma comissão escolheu dois desenhos e duas frases para cada escola participante do programa, os quais receberam o merecido destaque”, salientou.  
O vice-presidente da Auriverde Jacir Martini acompanhou todos os encontros de encerramento do Programa Escola no Campo e destacou a importância na formação destes alunos. “O compromisso da Auriverde é levar formação e informação aos associados e seus filhos, bem como a toda a comunidade onde atuamos, com o objetivo de melhorar cada vez mais a qualidade de vida destas pessoas e incentivar os mesmos a permanecerem no campo”, finalizou.


Galeria de fotos

Leia também...