Geral
20/04/2017 11:31 (atualizado em 31/12/1969 21:00)

Abertura de cisternas teve início nesta semana em Cunha Porã Ao todo serão abertas oito cisternas, com capacidade de 500 mil litros de água, num valor de R$ 42.800 mil cada reservatório

Nesta semana teve início a abertura de cisternas em Cunha Porã, uma ação feita em parceria da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Epagri), Secretarias Municipal e de Estado de Agricultura contemplando o Programa Água para o Campo. Ao todo serão abertas oito cisternas, com capacidade de 500 mil litros de água, num valor de R$ 42.800 mil cada reservatório.
O critério de escolha das famílias observou o enquadramento no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), e que neste primeiro momento estejam trabalhando nos ramos de avicultura e suinocultura. Além disso, as famílias também foram avaliadas pelo Comitê Agropecuário do município.
Segundo o secretário de Agricultura do município Gilmar Ceccon, e o engenheiro agrônomo da Epagri e extensionista rural Jeferson AntonioPortolan de Moura, a abertura destas cisternas tem a principal finalidade de captar água da chuva com qualidade para uma garantia suficiente do recurso hídrico para o desenvolvimento das atividades rurais.
Ainda segundo as lideranças, a abertura destas cisternas vem sendo feita por empresa terceirizada, ganhadora da licitação feita pelo Governo do Estado catarinense. Já com relação aos pagamentos, Ceccon e Moura explicam que se o produtor optar em parcelas em cinco vezes pagará o valor total do contrato – R$ 42.800 mil. “Por outro lado, se optar em fazer o adiantamento das parcelas, será concedido desconto”, esclarecem.
Para os representantes da área agrícola do município, a abertura de cisternas vai equacionar um grande problema para estas famílias, que é a carência de água em determinados períodos. “Em épocas de estiagem, essa reserva de água vai garantir que tanto a atividade de avicultura quanto de suinocultura tenham continuidade, sem perder a rentabilidade e possibilitando assim que as famílias possam continuar investindo em seus empreendimentos”, declaram Ceccon e Moura.

Galeria de fotos

Leia também...