Policia
14/06/2017 15:27 (atualizado em 31/12/1969 21:00)

Polícia prende suspeitos de terem assaltado posto de combustível de Riqueza Foram realizadas operações nas cidades de Palmitos, Caibi e Riqueza, para o cumprimento de cinco mandados de busca e apreensão e três de prisão

Na manhã do dia 14 de junho de 2017, com intuito de robustecer a prova produzida no inquérito policial e prender os suspeitos, que assaltaram um posto de combustível em Riqueza no mês de abril, foram realizadas operações nas cidades de Palmitos, Caibi e Riqueza, para o cumprimento de cinco mandados de busca e apreensão e três de prisão.
Conforme o delegado Eric Rosada a operação contou com apoio da Polícia Militar, por meio de policiais militares de Mondaí, Caibi e Palmitos, e de Policiais Civis das Delegacias de Polícia de Palmitos, Caibi, Riqueza, Mondaí, São Carlos e Cunha Porã, bem como com apoio da equipe aérea do SAER/Fron de Chapecó/SC.“Dois homens foram presos no Município de Riqueza. No município de Riqueza foi apreendido, também, um revólver calibre .32, de mesmo calibre utilizado no delito de roubo. Além disso, foram localizados objetos de furto durante as buscas realizadas no Município de Caibi. Outros objetos foram apreendidos para análise investigativa”, destaca Rosada.As diligências continuarão para a localização e prisão de outros suspeitos.

ENTENDA  MAIS

Na tarde do dia 15 de abril de 2017, dois homens pararam com uma motocicleta na lateral de um Posto de Combustíveis no Centro do Município de Riqueza/SC. Enquanto um deles aguardava, o outro desceu da motocicleta e foi até a loja de conveniência do estabelecimento, onde, utilizando-se de um revólver, rendeu as pessoas que estavam no local, efetuando disparos com a arma de fogo, inclusive tentando alvejar uma das vítimas, anunciando o assalto. Logo após receberem o dinheiro que estava no caixa do estabelecimento, os autores se evadiram do local com a motocicleta.
Logo após o delito, a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia da Comarca de Mondaí e Município de Riqueza, iniciou as investigações, instaurando o inquérito policial respectivo.
As investigações, que contaram com o auxílio de Policiais Civis dos Municípios de Palmitos e Caibi, apresentaram suspeitas da participação de quatro homens no crime.Com base nas provas obtidas no inquérito policial, foi solicitada a prisão preventiva de três dos quatro suspeitos, devido à gravidade do crime, bem como por medidas restritivas a um quarto suspeito e por mandados de busca e apreensão residenciais.As medidas foram deferidas pelo Poder Judiciário, após minuciosa análise e manifestação do Ministério Público e culminou na ação realizada esta semana, dia 14 de junho.
 
Foto Polícia Civil:  As operações foram realizadas na manhã do dia 14 de junho de 2017, com intuito de robustecer a prova produzida no inquérito policial e prender os suspeitos

Novo Militar já atua junto ao Corpo de Bombeiros de São Carlos
Já está atuando junto a Corpo de Bombeiros de São Carlos o novo bombeiro Militar. Ele começou a atua neste fim de semana. Ademir Sierbauer trabalhava em Modelo mas reside em Cunhataí, o que facilitou sua vinda a São Carlos. Ele é o sexto Militar para a unidade de São Carlos, uma vez que até a última semana, cinco efetivos se revezavam juntamente com BCPs e Bombeiros Comunitários.O comando do Corpo de Bombeiros em Santa Catarina tem por intuito fazer com que cada unidade de bombeiros tenha pelo menos seis efetivos, e São Carlos alcança este número.
Segundo o Comandante da Unidade, Sargento Luciano Hinning, o número ainda é baixo, mas já ameniza, já que BCPs e Comunitários auxiliam, e o resultado culmina com a realização da audiência pública no último dia 1º, onde debateu sobre as necessidades do Corpo de Bombeiros, bem como o Samu de São Carlos.

Homem é baleado no centro de Caibi
CAIBI- Um homem foi baleado no centro de Caibi por volta das 16h17 de sábado, dia 10, momento em que a guarnição do Corpo de Bombeiros de Palmitos foi acionada para ocorrência de ferimento de masculino por arma de fogo, na cidade de Caibi.Ao chegar no local dos fatos, próximo ao cemitério do município, foi constatado que a vítima havia sido conduzida por populares ao Hospital Beneficente São José de Caibi. Um disparo teria sido feito pelo autor, que não foi identificado.O local ficou aos cuidados da Polícia Militar e da Polícia Civil, que investiga o caso.

Galeria de fotos

Leia também...