Geral
11/08/2017 15:57 (atualizado em 31/12/1969 21:00)

Não jogue a primeira pedra..

Não jogue a primeira pedra...
Para cada ação há uma reação igual e oposta. Você recebe do mundo o que você dá ao mundo. Por mais que exista a justiça dos homens, e em muitas vezes ela pode ser injusta há uma justiça que não escapa aos olhos do julgador. São pensamentos que precisamos estar bem atentos pois, se você deseja o mal ele certamente vira cobrar sua fatia. Vivemos num mundo que a ética e a moral deixou de ser sinônimo de grandeza. Nós mesmos cobramos posturas dos políticos que sejam honestos, mas no nosso dia a dia praticamos diversos delitos que para nós achamos natural. Quem já não parou com seu carro em cima de uma faixa do pedestre; quem nunca furou uma fila; quem nunca recebeu um troco a mais e ficou com a diferença; quem nunca sentou num banco e deixou um idoso de pé; quem nunca comprou e não quis a nota fiscal; quem nunca viu alguém depredar algo público e não fez nada; que nunca usou algo de alguém e esqueceu de entregar; quem nunca ultrapassou em faixa dupla; quem nunca bebeu uma cerveja e dirigiu depois; etc, etc etc. São pequenos delitos que praticamos por muitas vezes sem perceber, mas que não deixa de ser um delito. Por isso, antes de criticar alguém ou chamar de corrupto, não jogue a primeira pedra, pois ela pode desviar e vir em sua direção. Antes disso faça uma reflexão e julgue com a consciência tranqüila.
 
Para cada ação há uma reação igual e oposta
Se você ajuda alguém, ela pode querer um dia te ajudar. Se você deseja mal a alguém, ela um dia pode querer te destruir. Você recebe do mundo o que você dá ao mundo. Fica a dica...
 
A farra das passagens
Nesta semana o Ministério Público Federal denunciou diversos deputados federais por uso excessivo de passagens enquanto deputados. Quatro deles são ex-deputados e catarinenses. Na edição de hoje, a matéria completa que aponta os motivos e quem são os parlamentares que segundo MPF, abusaram do uso do dinheiro público. Isso ganha destaque, pois não é só na esfera federal que esta prática é cotidiana, tem Câmara de Vereadores que praticam o uso de diária como se fosse um prêmio por ser vereador. No ano passado teve casas que gastaram mais que a prefeitura toda, de onde sai diárias do prefeito, vice, secretários, funcionários públicos como motoristas por exemplo, que viajam todas as semanas levando pacientes para várias capitais. Neste ano a coisa não mudou muito, mesmo em tempo de crise, estão tirando diárias em grande quantidade. Como dissemos nesta coluna, a partir da semana que vem, vamos mostrar o quanto o legislativo e o executivo estão gastando com diárias, com suas devidas explicações, pois para tudo há uma explicação...
 
Demissão pela frente
Um caso que deve render muita especulação nos próximos dias serão as possíveis demissões que ocorreram no quadro de funcionários efetivos da prefeitura de Palmitos. Segundo informações, o STF, julgou procedente a ação movida anos atrás que suspende o concurso público realizado na gestão do prefeito Ademar Henchen. Segundo informações, não cabe mais recurso e a sentença deve sair nos próximos dias. 

Leia também...