Política
13/10/2017 09:34 (atualizado em 31/12/1969 21:00)

Maldaner vota contra e critica a aprovação do Fundão FUNDO O parlamentar explica que estão previstos no orçamento de 2018 R$ 4,5 bilhões para emendas de bancada, dos quais R$ 1,35 bilhão (30%) serão destinados às campanhas eleitorais

Divulgação / Para Maldaner, tirar recursos da União para aplicar em campanha é uma afronta ao povo brasileiro
O deputado federal Celso Maldaner (PMDB/SC) votou contra e criticou a aprovação pela Câmara dos Deputados, na noite desta quarta-feira (4) do fundo público de financiamento de campanhas. O valor estimado em R$ 1,7 bilhão, será composto, ao menos, por 30% das emendas de bancada, isso quer dizer que os valores repassados aos municípios através das emendas serão diminuídos. O parlamentar explica que estão previstos no orçamento de 2018 R$ 4,5 bilhões para emendas de bancada, dos quais R$ 1,35 bilhão (30%) serão destinados às campanhas eleitorais.
Para Maldaner, tirar recursos da União para aplicar em campanha é uma afronta ao povo brasileiro. “Estes recursos devem ser investidos em saúde, educação, infraestrutura ou tantas outras necessidades”, destaca. Ele acrescenta que neste ano, as emendas da bancada catarinense foram indicadas para saúde e para melhorias nas rodovias, à exemplo da restauração da BR 282 no trecho de Chapecó a Ponte Serrada que está em andamento. “Tirar 30% de recursos destes projetos significa muito para o nosso estado”, manifestou o deputado.
Em uma das votações nominais do PL 8703/17, um destaque que pretendia impedir a criação do fundo foi rejeitado por 223 votos a 209. O projeto que já foi aprovado também pelo Senado, segue para sansão presidencial.

Galeria de fotos

Leia também...