Geral
10/11/2017 10:04 (atualizado em 31/12/1969 21:00)

Equipe técnica da Auriverde participa de treinamento do PPL O treinamento teve como objetivo orientar e qualificar a equipe técnica das áreas de suinocultura, avicultura e bovinocultura de leite para a realização da coleta dos resíduos de saúde animal do quadro social da cooperativa

Cunha Porã
A Cooperativa Regional Auriverde realizou no dia 26 de outubro, um importante treinamento por meio do Programa Propriedade Limpa (PPL).  O evento foi realizado em parceria com a empresa Atitude Ambiental do estado do Paraná e teve por objetivo orientar e qualificar a equipe técnica das áreas de suinocultura, avicultura e bovinocultura de leite para a realização da coleta dos resíduos de saúde animal do quadro social da cooperativa.
De acordo com o coordenador do PPL Amarildo Minela, o programa está fundamentado em rigorosa e extensa legislação que define e normatiza a geração, a segregação (separação), o acondicionamento, a coleta, o transporte, o tratamento e a destinação final dos resíduos de saúde animal gerados dentro das propriedades. A Lei n. 12.305, de 02 de agosto de 2010, que alterou a Lei n. 9.605, de 12 de fevereiro de 1988, engloba todas essas etapas de gerenciamento de resíduos. 
Segundo ele os resíduos que serão coletados pela empresa Atitude em parceria com a Auriverde são aqueles pertencentes a Classe 1 (resíduos de serviço de saúde – humana e animal). No Grupo A estão os resíduos com risco biológico, no Grupo B encontram-se os resíduos com risco químico e no Grupo E os resíduos ou materiais perfuro cortantes.  Os resíduos da Classe 1, Grupos C e D, não fazem parte desta coleta.
Participam do programa todos os sócios da Auriverde que atuam nas atividades de suinocultura, avicultura e na bovinocultura leiteira. Conforme Minela para que todos sejam atendidos estão programados 33 pontos de coleta divididos em cinco roteiros nos municípios de abrangência da Auriverde na região oeste e um roteiro na região sul. 
Minela ressalta que os produtores receberão orientações dos membros das equipes técnicas de suínos, aves e gado leiteiro, da Aurora e da Auriverde, que farão também o acompanhamento nos roteiros feitos pelo veículo da empresa Atitude Ambiental. Nos municípios da região oeste a coleta está marcada para os dias 21, 22 e 23 de novembro e na região sul em data ainda não definida.
A partir de agora toda a equipe técnica estará trabalhando na divulgação, orientação e convites aos quase 650 cooperados que fazem parte deste programa. “Vale destacar que já foram realizadas oito coletas e o total recolhido já ultrapassou a casa das 22 toneladas. Há um custo considerável para realizar a destinação e acondicionamento corretos destes resíduos, que gira em torno de R$ 3,80 por quilo, os quais são divididos entre a Auriverde e os fornecedores de produtos de saúde animal, fazendo assim o que se chama de logística reversa”, enfatiza Minela.


Galeria de fotos

Leia também...