Política
08/12/2017 09:07 (atualizado em 31/12/1969 21:00)

Mauro De Nadal faz indicações por melhorias no campo INDICAÇÃO O deputado Estadual Mauro De Nadal (PMDB) fez encaminhamentos de indicações para três importantes situações que podem contribuir para a melhoria da qualidade de vida de agricultores familiares

Divulgação / Deputado Estadual Mauro De Nadal 
O deputado Estadual Mauro De Nadal (PMDB) fez encaminhamentos de indicações para três importantes situações que podem contribuir para a melhoria da qualidade de vida de agricultores familiares, no desenvolvimento regional e na economia do Estado.
A agricultura familiar sempre teve acolhida do deputado que, em trabalho conjunto com a Fetaesc, desenvolvem ações pela melhoria das condições de vida do homem do campo. De Nadal fez solicitação ao senador Dário Berger - que é o presidente da Comissão de Orçamento Geral da União - para incluir recursos orçamentários visando a sequência do Programa Nacional de Habitação Rural. “Esse é um programa que leva dignidade aos que produzem alimentos para o país”, afirma o deputado. É um tema é tão importante para o setor que De Nadal promoveu audiência pública visando encontrar uma solução para os projetos que estão represados na Caixa à espera da liberação de recursos.
O deputado solicita estudo da Cidasc visando à dispensa de apresentação da Guia de Transporte Animal (GTA) no tráfego de equinos para participação de eventos locais, ou em serviço. Segundo o parlamentar, seria firmado um convênio com o Movimento Tradicionalista Gaúcho (CTG) em Santa Catarina, uma vez que é expressivo o número de rodeios e cavalgadas no Estado.
De Nadal explica que é imprescindível o controle de segurança animal e, atualmente, Santa Catarina encontra-se em total controle da anemia infecciosa, mormo e influenza nesses animais. “O que se pretende é apenas eliminar a burocracia na realização dos rodeios e cavalgadas, assim como já ocorre no Rio Grande do Sul”, afirma o deputado.
O deputado reivindica ao governo do Estado, por meio da Epagri, a instalação, em São Miguel do Oeste, de uma das dez estações meteorológicas recentemente adquiridas com recursos da Embrapa. Ele justifica que o Extremo Oeste, apesar de ser uma das regiões mais produtivas – é a mais descoberta em termos de monitoramento do clima e intempéries.

Galeria de fotos

Leia também...