ALERTA
16/03/2018 09:44 (atualizado em 31/12/1969 21:00)

Vigilância Epidemiológica emite alerta quanto a risco de epidemia em Mondaí ALERTA Durante o ano de 2017, foram contabilizados 45 focos no total e o número de focos do mosquito apresenta um crescimento substancial a cada dia. De janeiro a março deste ano, foram contabilizados 40 focos

Foto: Jornal Expresso d’Oeste | Coordenador da Vigilância Epidemiológica, Evandro Back
A Vigilância Epidemiológica está emitindo um alerta para a população, quanto ao alto índice de focos do mosquito Aedes Aegypti, em Mondaí. Na terça-feira, dia 13, foram confirmados 40 focos no município. 
Mesmo com o constante trabalho realizado pelos agentes de endemias, com visitação e acompanhamento das residências, terrenos baldios e construções, o número de focos do mosquito apresenta um crescimento substancial a cada dia.
De acordo com o coordenador da Vigilância Epidemiológica, Evandro Back, durante o ano de 2017, foram contabilizados 45 focos no total. De janeiro a março deste ano, os focos já contabilizam 40. “É um número que assusta, visto que se aproxima da quantidade de focos encontrados no ano passado, que agora já foram confirmados em apenas três meses. Se esse número continuar crescendo, tememos por uma epidemia”, ressalta.
Conforme o prefeito Valdir Rubert, além do trabalho da Vigilância Epidemiológica, a Administração Municipal, por meio do Departamento Rodoviário Municipal, realiza atividades cotidianas, como limpezas, recolhas de lixos e entulhos e roçadas. “Nosso objetivo é trabalhar de todas as formas para combater a proliferação desse mosquito, porém precisamos da colaboração de todos”, declara. 
O Aedes Aegypti é um mosquito que transmite doenças de alto risco, que podem causar a morte, como a Febre Chikungunya, o Zica Vírus e a Dengue. Sua proliferação acontece em recipientes com água parada. Back ainda explica, que grande parte dos focos foram encontrados em residências. “Nossos profissionais são capacitados a trabalhar para combater esse vetor, mas o auxílio e a conscientização da população são fatores essenciais para o sucesso do trabalho”, enfatiza.



Galeria de fotos

Fonte: Ascom Prefeitura/Jornal Expresso d'Oeste

Leia também...