RODOVIAS
13/04/2018 09:16 (atualizado em 31/12/1969 21:00)

Maldaner cobra mais uma vez agilidade nas obras da BR 282 no extremo oeste Maldaner novamente pediu ao ministro agilidade nas obras de recuperação da BR 282 do trecho de Chapecó a São Miguel do Oeste e 158 entroncamento com a 282 e também retorno das obras da 163

Foto: Divulgação | Vistorias da rodovia BR 158 entroncamento com a 282 
O deputado Federal Celso Maldaner (PMDB/SC), acompanhado pelos colegas deputados do Fórum Parlamentar Catarinense, se reuniu com o Ministro dos Transportes Valter Casimiro Silveira para tratar da situação e de recursos para obras das rodovias catarinenses. 
Em sua contribuição, Maldaner novamente pediu ao ministro agilidade nas obras de recuperação da BR 282 do trecho de Chapecó a São Miguel do Oeste e 158 entroncamento com a 282 e também retorno das obras da 163. “Precisamos de solução para a situação de calamidade em que se encontra a rodovia. O projeto de recuperação da rodovia no oeste foi dividido em dois lotes. O lote 1 que contempla o trecho de Chapecó a Ponte Serrada está quase concluído, enquanto o 2, por processos judiciais e burocráticos ainda nem começou”, manifestou. 
O ministro, que no ano passado, enquanto diretor do DNIT visitou in loco a região, manifestou o seu posicionamento de não entregar o trecho de Chapecó a Ponte Serrada, enquanto não começar as obras no extremo oeste. Para ele, a recuperação deste trecho é de extrema importância, e pretende vir à região para entregar um trecho e dar a ordem de serviço para outro.
Processos judiciais travaram a recuperação do trecho no extremo oeste 
Maldaner explica que as duas primeiras empresas foram desclassificadas do processo de licitação, porém um processo judicial apresentado pela segunda empresa alongou o processo. Em novembro, a Comarca de Porto Alegre concedeu parecer favorável ao DNIT, ficando nomeada a terceira empresa para a realização das obras.  
Para o deputado, ver as obras em andamento é um sonho, pois trata-se de uma luta de mais de 20 anos. “A BR 282 possui uma importância estratégica incontestável para Santa Catarina, uma vez que é responsável pelo escoamento da produção no nosso Extremo Oeste catarinense até os portos do Estado. Precisamos promover a integração rodoviária de Santa Catarina com estradas modernas que atendam e tragam segurança e mobilidade para a população e que levem a nossa produção agropecuária, tão farta e abundante, até os portos catarinenses e este sonho está prestes a se tornar realidade", explica Maldaner.
 

Galeria de fotos

Leia também...