CAIBI
22/06/2018 15:51 (atualizado em 22/06/2018 15:53)

Curso de conserva de frutas, hortaliças e temperos é ofertado em Caibi O treinamento ocorreu na última semana, nos dias 19 e 20 de junho, no Centro de Convivência dos Idosos de Caibi, e foi ministrado pela instrutora Larissa da Fré

O curso foi voltado para mulheres agricultoras de Caibi (Foto: Ascom Prefeitura)
A Administração Municipal de Caibi por meio da Secretaria de Assistência Social, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e o Sindicato dos Produtores Rurais de Palmitos ofertou, o curso de Conserva de Frutas, Hortaliças e Temperos, voltado para mulheres agricultoras de Caibi. O treinamento ocorreu na última semana, nos dias 19 e 20 de junho, no Centro de Convivência dos Idosos de Caibi, e foi ministrado pela instrutora Larissa da Fré.
O curso tem como objetivo geral transformar hortaliças em picles, frutas em geleias, compotas e doces, produzir molhos e pastas de temperos. Estão sendo repassadas também, dicas sobre a importância da conservação e transformação de alimentos; segurança e saúde no trabalho, e segurança alimentar. Sal temperado, molho de tomate, pasta de alho, bala de banana, doce de maracujá, geleia de laranja e goiabada, são algumas das receitas que estão sendo ensinadas neste treinamento.
Segundo a secretária de Assistência Social do município, Maria Margarete Ferronato, a parceria com o Senar é importante, pois garante, além do aprendizado de novas receitas, uma nova opção de renda para as famílias. “Pensamos em oportunizar, através desta parceria, um curso voltado à prática das mulheres rurais, sempre buscando novas oportunidades e conhecimentos”, destaca a secretária. 
O prefeito Elói José Líbano destaca o apoio da Administração Municipal na busca pela oferta de cursos e treinamentos. “O curso é oferecido de forma gratuita através desta parceria entre a Prefeitura e o Senar, e parabenizamos às mulheres pelo interesse em participar, buscando novos conhecimentos”, finaliza o prefeito.

Galeria de fotos

Fonte: Ascom Prefeitura/Jornal Expresso d'Oeste

Leia também...