RIQUEZA
07/08/2018 16:24 (atualizado em 31/12/1969 21:00)

Caminhoneiro de Riqueza perde a vida em acidente no estado de São Paulo Uma carreta bi-trem carregada com açúcar, conduzido por Gentil Batista da Silva bateu de frente com uma carreta baú que estava vazia, conduzida por Carlos Roberto Batista de Souza, nesta segunda-feira

Fotos: Colaboradores do Olimpia 24horas
Duas pessoas morreram em um acidente de trânsito na Rodovia Assis Chateaubriand, entre os municípios de Olímpia e São José do Rio Preto em São Paulo no fim da tarde desta segunda-feira, dia 06 de agosto.
De acordo com as informações da Polícia Rodoviária repassadas à imprensa local, uma carreta bi-trem carregada com açúcar, conduzido por Gentil Batista da Silva bateu de frente com uma carreta baú que estava vazia, conduzida por Carlos Roberto Batista de Souza, por volta das 17h30.
A carreta bi-trem, acabara de carregar em uma usina de açúcar e estava retornando para a região Oeste catarinense, uma vez que, o motorista residia no município de Riqueza e prestava serviços para a fábrica de farinhas Somor, porém voltava com frete de retorno para outra empresa. Outro caminhão também vazio não conseguiu desviar a tempo e se envolveu na colisão.
A reportagem do Jornal Expresso d’Oeste, entrou em contato com o Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar de São José do Rio Preto (SP), e foi informada que no momento do acidente o tempo estava instável e chovendo. Segundo o cabo Cristiano, a carreta carregada com açúcar incendiou, porém o motorista chegou a ser socorrido pelo médico do Samu a tempo, mas não resistiu aos ferimentos  e faleceu no local.
A terceira vítima, motorista Abmael Mota de Souza, foi socorrida em estado grave e encaminhada ao Hospital de Base de São José do Rio Preto (SP). Segundo a assessoria de imprensa do hospital, o homem fraturou o fêmur e antebraço esquerdos e vai passar por cirurgia. Não há previsão de alta.
A rodovia ficou interditada por quase cinco horas e provocou congestionamento de 10 quilômetros. O tráfego foi desviado pela lateral da pista. Um caminhão-pipa cedido pela usina foi usado para limpar o açúcar e o óleo que se espalharam pela pista. A passagem de veículos foi liberada às 23h10.
Fonte: Jornal Expresso d'Oeste/G1

Leia também...