Ciência
20/08/2012 16:20

Especialista diz que é possível escolher o sexo do bebê Ponto-chave é que espermatozoide masculino é mais rápido mas vive menos que o feminino

Especialista em biologia molecular, a bioquímica Carolina Ynterian, da fabricante de autotestes Confirme, afirma que é possível escolher o sexo do bebê se o casal souber exatamente o dia da ovulação.

Segundo ela, sabe-se atualmente que o sexo do bebê é determinado pelo espermatozoide. Homens produzem espermatozoides masculinos (Y) e femininos (X). Assim, dependendo da combinação com o óvulo, que é X, o bebê será menino (XY) ou menina (XX).

Para escolher o sexo, portanto, bastaria induzir uma das duas combinações. E isso pode ser feito com base no dia em que o casal tem a relação sexual, já que estudos na área de fertilidade demonstraram que o espermatozoide masculino tende a ser mais rápido que o feminino.

Ou seja, se a mulher quiser engravidar de um menino, o correto é ter relações sexuais no dia em que está ovulando. Apesar de mais rápido, o espermatozoide masculino tem vida mais curta. Por isso, para chegar até o óvulo, é necessário que ele esteja o mais perto possível.

Já para engravidar de uma menina, o mais indicado é ter relações sexuais algum tempo antes da ovulação para que o espermatozoide feminino, que é mais lento, sobreviva e chegue até o óvulo. Nesse caso, os espermatozoides masculinos teriam morrido antes de alcançar o óvulo.

Galeria de fotos

Fonte: Vida e Saúde

Leia também...