Esportes
24/04/2012 11:13

Guarani busca a recuperação em casa diante do Canarinho Bugre entra em campo às 15h30 de domingo no estádio Padre Aurélio Canzi

SÃO MIGUEL DO OESTE

         Após perder no último domingo para o Cometa em Itapiranga, o Clube Esportivo Guarani volta a jogar em casa neste domingo, em partida válida pela quarta rodada do Estadual de Amadores Chave Oeste. O adversário será o Canarinho de Pinhalzinho, que também vem de derrota na última rodada, uma vez que perdeu para o CRM fora de casa em Maravilha. A partida acontece às 15h30, no estádio Padre Aurélio Canzi. Para o confronto e técnico Enio Sarturi terá o desfalque do lateral direito Vando, suspenso com três cartões amarelos. Em contrapartida o técnico terá Luizinho à disposição (veja notícia a baixo).

         Para o vice de Futebol, Aty Giordani, o jogo frente à equipe Pinhalense é importantíssimo. “Esse é um jogo chave de suma importância. Não podemos pensar em outro resultado a não ser a vitória, porque se não complicaremos nossas chances de classificação. Precisamos vencer de qualquer maneira”, afirma. O vice presidente ainda comemorou a volta do atacante Luizinho, que recebeu aval médico para atuar, já que não vem sentindo dores no joelho direito. Na partida frente ao Cometa o atacante entrou bem no decorrer do jogo. “A qualidade técnica dele ninguém discute, o que queríamos saber era se ele poderia mesmo atuar. Agora sabemos que ele pode e é um reforço importante”, avalia.

Algumas mudanças pretendidas por Enio Sarturi no jogo diante do Cometa e que não foram realizadas, devem ser postas em prática no jogo de domingo. Porém, o treinador não revelou a escalação da equipe que vai a campo diante dos pinhalenses. O treinador entende que alguns erros infantis estão prejudicando o rendimento do time e pretende corrigir isso no andamento da primeira fase. “A hora de ajustarmos isso é agora”, enfatiza.

 

Luizinho recebe aval médico para jogar (foto secundária)

No final da tarde de quarta-feira, o atacante Luizinho teve uma conversa com a os dirigentes Celso Zilio, Miguel Moura, Aty Giordani e com o treinador Enio Sarturi. Na pauta da reunião uma notícia positiva para o Bugre. Após consulta na segunda-feira, em um Centro Especializado em Passo Fundo, o atacante foi liberado para atuar. Conforme o presidente do Guarani Celso Zilio, o Této, o diagnóstico apontou que o atleta tem uma ruptura em um dos ligamentos, mas que é antiga, já “absorvida” pelo organismo. “Se fosse uma lesão atual, o Luiz estaria andando de muletas e não fardando, como já ocorreu”, argumenta. O que vinha causando dores a Luizinho é uma lesão no menisco. Como as dores desapareceram, o médico que o avaliou aconselhou que não haveria necessidade de realizar a cirurgia, se as dores tivessem desaparecido.

Porém, o médico pediu para que Luizinho se apresente novamente em 15 dias para uma nova avaliação. “A recomendação foi de que o Luizinho fizesse um trabalho de reforço muscular na perna direita, que fosse jogar futebol e que daqui a 15 dias se apresente novamente, para dar o parecer final sobre a lesão no menisco, se há a necessidade de fazer uma artroscopia, sim ou não”, detalha. Conforme Této, o Clube e a comissão técnica estavam com receio de escalar o atleta, pois não havia uma maior precisão da lesão.

De acordo com o presidente, o Clube tinha um compromisso moral com o atleta, pois se trata de um jogador com história e identificado com o Clube. Porém, ele lembra que é preciso que o Clube tenha esse compromisso com qualquer um dos atletas que integram o plantel. “Esse é nosso compromisso. Não administrar apenas os problemas do Guarani, mas sim a saúde dos atletas também”, finaliza.

Galeria de fotos

Leia também...